Como ter mais segurança online? Confira 5 dicas essenciais!

Problemas com segurança online, infelizmente, ainda são muito comuns no Brasil. Afinal, somos o terceiro país no mundo com maior número de crimes, ficando atrás apenas da China e dos Estados Unidos. Recentemente, por exemplo, tivemos o vazamento de um banco de dados com informações de 223 milhões de brasileiros (entre pessoas vivas e já falecidas), e ele já está sendo considerado um dos piores vazamentos da história em todo o mundo. Por isso, cada vez mais torna-se fundamental saber como manter a proteção nesses espaços.

Mas como se proteger dessas questões? Algumas medidas podem ser implementadas por você, sem que precise ser um expert em segurança da informação, e são muito úteis. Quer saber mais sobre elas? Continue lendo e confira as 5 mais importantes que você deve adotar. Boa leitura!

1. Aposte em senhas fortes

Um primeiro ponto é dificultar a ação dos hackers em obter as suas contas. E isso passa, em primeiro lugar, por criar senhas fortes. Senhas muito fáceis, como “123456”, datas de aniversário ou sequências fáceis (por exemplo, “QWERTY”) podem tornar suas contas verdadeiros alvos de cibercriminosos.

Assim, algumas dicas para senhas fortes são:

  • utilize caracteres alfanuméricos, letras maiúsculas e minúsculas, números e símbolos;
  • quanto mais você variar os elementos utilizados, mais difícil será para o hacker — por exemplo, uma senha “ryal01$” é menos segura do que “ry$a#l01”;
  • evite utilizar expressões comuns do seu idioma;
  • quanto maior a senha, mais difícil para que um cibercriminoso a descubra.

2. Ative a verificação em duas etapas

A verificação em duas etapas é fundamental para que você possa proteger sua conta, principalmente em casos nos quais o hacker conseguiu sua senha. Por exemplo, vamos supor que um criminoso descobriu a senha de acesso do seu Facebook. Com a verificação em duas etapas, ainda assim ele não conseguirá acessar sua conta.

Isso porque, na segunda etapa, será preciso confirmar um código que será enviado para seu celular ou e-mail. Como ele não terá acesso a esse código, não poderá entrar em sua conta. E isso permite a você perceber que uma atividade suspeita está acontecendo e realizar as medidas de segurança necessárias para conter a situação.

3. Não salve as senhas

Muitas pessoas salvam as senhas no navegador como uma forma de acessar mais rapidamente suas contas. Essa não é uma boa ideia. Isso porque ao salvar uma senha no seu Browser, a senha fica associada à conta registrada.

Então, vamos supor que um hacker tenha acesso a essa conta específica na qual seu navegador está logado. Nesse caso, o cibercriminoso terá acesso a todas as suas senhas. Tome cuidado quanto a isso.

4. Conte com um bom antivírus

Esse talvez seja um dos pontos mais importantes: tenha um bom antivírus como seu aliado. Principalmente para quem não entende muito de tecnologia da informação, é fácil cair em golpes e tentativas de fraudes. Assim, o uso desses programas permite criar uma camada adicional de proteção.

Então, em caso de problemas, o sistema já aponta que há uma tentativa de invasão por malwares em curso e, de imediato, toma as medidas necessárias para a contenção da situação.

Os modelos mais modernos do mercado já contam com serviços adicionais, como gerenciadores de senha por meio de criptografia, proteção de dados sensíveis (como cartão de crédito), entre uma série de outros benefícios.

Garantir sua segurança online é crucial para evitar prejuízos diversos para a sua vida pessoal. Por exemplo, clonagem de cartões, perda de contas, o uso de seu nome para golpes são apenas algumas das principais consequências que podem prejudicar seu uso da internet. Implemente essas dicas e proteja seus dados!

Quer mais dicas interessantes de segurança da informação? Leia nosso artigo imperdível sobre o assunto e saiba mais!

0Shares

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.